Noticias

Encontro de Gestantes Aborda Temas Atuais Em Bate-Papo Descontraído

Sindessmat

 

Encontro De Gestantes Aborda Temas Atuais Em Bate-Papo Descontraído

 

Destaque

Promover a troca de informações sobre assuntos que permeiam o cotidiano das gestantes e novas mamães.

 

Este é o objetivo de um evento que foi realizado no sábado (14.05), no Hospital Infantil e Maternidade Femina, em Cuiabá.

 

Por meio de um bate-papo descontraído, o encontro irá reunir especialistas em diversas áreas para abordar temas relacionados à gestação e parto.

 

O evento, chamado de “Chá da Tarde com as Gestantes”, faz parte das atividades do Projeto Parto Adequado, que visa estimular o parto normal.

 

Mitos e falta de informação podem gerar medo, em especial nas primigestas – como são chamadas as mulheres em sua primeira gestação.

 

Para aumentar a segurança em relação à proximidade do parto, o hospital irá proporcionar várias palestras e visitas guiadas por sua unidade.

 

Para tal, uma equipe multiprofissional irá conversar sobre temas relacionados à gravidez, parto, pós-parto e primeiros cuidados com o bebê. Entre eles, infecção por Zika vírus durante a gestação, parto normal (e fisioterapia preparatória) e cesariana, cuidados com o recém-nascido, aleitamento materno e banco de leite.

 

Preparar a mulher – e acompanhante – para uma experiência positiva, ativa e consciente da gestação e do parto é uma das missões do encontro

 

“Estreitar o contato entre profissionais e gestantes é essencial.

A ideia do chá da tarde é propiciar para elas orientações pertinentes, além de apresentar melhor a estrutura do hospital e o Projeto Parto Adequado.

 

Dessa forma, é uma maneira de humanizar ainda mais o processo gestacional e parto”,

explica a diretora técnica da Femina, a pediatra neonatologista Fernannda Pigatto.

 

Entre os benefícios do encontro, também está a troca de experiências entre participantes, o preparo para o parto de maneira consciente, a redução da ansiedade e o medo em relação ao parto, a familiarização com as dependências do hospital, o auxílio ao processo do aleitamento materno e a tranquilidade e segurança em relação aos primeiros cuidados com o bebê, por exemplo.

 

PROJETO PARTO ADEQUADO

Único hospital do Centro-Oeste a integrar o Projeto Parto Adequado, o Hospital Infantil e Maternidade Femina se tornou referência nacional.

 

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou dados em que o hospital mato-grossense figura entre as três instituições do país com melhores resultados no Projeto Parto Adequado.

 

O Projeto Parto Adequado é desenvolvido pela ANS, o Institute for Healthcare Improvement (IHI), Hospital Albert Einstein  e conta com apoio do Ministério da Saúde.

 

O objetivo é identificar modelos inovadores e viáveis que valorizem o parto normal e reduzam o percentual de cesarianas desnecessárias na saúde suplementar.

 

Em todo o Brasil, 40 instituições participam do programa.

No Hospital Infantil e Maternidade Femina, a média – que antes era de 1,46% de partos normais por mês, hoje ultrapassou a marca dos 40% entre as grávidas.

 

Este é um dos três melhores indicadores nacionais e é o reflexo crescente do número de mulheres gestantes que escolhem essa opção de parto.

 

FONTE ASSESSORIA FEMINA

 

 

 

- See more at: http://www.sindessmat.com.br/portal/index.php/2014-03-08-20-06-44/item/2903-encontro-de-gestantes-aborda-temas-atuais-em-bate-papo-descontraido?_mrMailingList=498&_mrSubscriber=259#sthash.nZzUfk2y.dpuf